AMADA AMANTE DOS VERSOS
Sou borboleta, sou metamorfose; sou quase perfeita... sou osmose. Sou Madalena de Jesus.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


(imagem do Google)
 
ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™


FOI NUMA FESTA JUNINA ...

Antes da festa tinhamos brigado
Dancei com primo e fingi que sorria
Cá dentro do peito a tristeza doía
Pois vi meu amor de outra enamorado...

No mês junino é linda a cantoria
Eles dançavam de um jeito gingado
E dentro em meu peito amor machucado
Eu, forte e altiva, fingindo alegria...

Depois de tudo, ele foi perdoado
E daquela noite um acordo havia
Juramos que um era do outro amado.

E que, não mais, no assunto eu tocaria
Porém, minha mente é campo minado
Relembro o dia e vem a melancolia.

Madalena de Jesus

 
ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™

AMOR JUNINO 

Nesse vestido de chita
Com laços de fitas para enfeitar
Tu és a mulher mais bonita
Que da minha janela
Não canso de olhar.

O teu sorriso me encanta
Teus olhos de santa
Minha alma acalanta
Sem que possas perceber,
Como meu amor é sincero
E o que mais quero
É estar com você.

Nesse folguedo junino
Teu corpo divino
Parece flutuar
Dançando ao redor da fogueira
Tão linda e faceira
Que me faz suspirar.

Vou dançar essa quadrilha
Só para te abraçar
Pedir ao bom Sto. Antonio
Que num dia risonho
Você possa me amar

O sereno vai caindo
Balões vão subindo
à luz do prateado luar
Meu coração disparando
Estou quase gritando
Que eu quero te amar.

O dia vem surgindo
Teu sorriso lindo
Ainda paira no ar
Estou quase chorando
Porque vais me deixar.

Tú és alegria singela
Minha fada bela
O maior tesouro
Que sonho em conquistar.


Falcão
 
ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™

MEU AMOR CAIPIRA 

Ainda guardo recordação
daquela noite de São João,
quando de mim se aproximou
aquele que o amor me despertou.

Foi num lugar chamado 'Caripi'¹
que é muito distante daqui
Fica no interior do 'Pará',¹
e dele não esquecerei jamais.
(E dele me esquecer não dá)²

Havia uma enorne fogueira,
E eu era uma menina faceira;
na festa estava muito cotada,
mas só naquele moço ligada.

Dançamos juntos a quadrilha
e a noite... ah, que maravilha!
Nos despedimos ao raiar do dia...
A saudade que sinto é minha companhia.
(tenho a saudade como companhia)²

 
Maria Tomasia
                    ¹ => Adaptado pelo Professor Lucivaldo Maia/Tinho)
                    ² => Adaptado pela Professora Madalena de Jesus/Madáh)

ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™
  
  Música: Olha Pro Céu Meu Amor
  Autores: José Fernandes e Luiz Gonzaga

Olha pro céu meu amor
Veja como ele está lindo
Olha pra'quele balão multicor
Que lá no céu vai sumindo
Foi numa noite
Igual a esta 
Que tu me deste
O teu coração
O céu estava
Todinho em festa
Pois era noite de São João
Havia balões no ar
Xote e baião no salão
E no terreiro o seu olhar
Que incendiou meu coração.


 
ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™
ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™ŵ™
Maria Madalena de Jesus Gomes e Falcão e Maria Tomásia
Enviado por Maria Madalena de Jesus Gomes em 05/06/2019
Alterado em 18/06/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários