AMADA AMANTE DOS VERSOS
Sou borboleta, sou metamorfose; sou quase perfeita... sou osmose. Sou Madalena de Jesus.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos






Até quando?

Em cada passo do caminho
Eu eu você, lado a lado
lembro dos nossos compassos
que não se combinavam
Eles ficaram marcados nas areias da vida
Eu procurava dar um jeito
de seguirmos juntos aquele trilho, aquele trajeto
saltitava e arfante estufava meu peito
passos e passos, quanto mais o tempo passava
o caminhar prosseguia ... depois não mais entendi.
Por que depois de tantas rotações e translações 
os nossos passos ficaram ainda mais descompassados?
Porque deixamos de caminhar lado a lado
e por  prosseguirmos cada um ao seu modo
de repente, quando estávamos nos ajustando ...
o tempo sorrateiro te levou de mim; tão apressado.
Hoje sigo sem pressa, e de você sempre lembrando
Sei que serei lembrada por outrém; sei que serei.
assim como agora a sua imagem, o seu jeito, os seus feitos
tudo está absolutamente consolidado e guardado,
feito um precioso tesouro no baú dentro em mim 

Capengando eu vou ... suspiro e penso:
_ E agora? Quem Sou?

Sem você esmoreço e pareço um tronco sem seiva.
A casca segue envelhecendo, mas enquanto eu não envergar ...
Sou verso? Sou som? Sou vento? Serei nada!
Sei que serei tudo (...) na hora em que nos reencontrarmos.




Faça-me uma visitinha em meu site e assine em meu livro de visitas, será para mim um enorme
prazer. Desde já meu obrigada!


http://www.madalenadejesus.prosaeverso.net/publicacoes.php

 
Madalena de Jesus
Enviado por Madalena de Jesus em 14/07/2016
Alterado em 14/07/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários